Análise de mercado e geomarketing: 4 tendências que sua empresa precisa conhecer

Análise de mercado_geomarketing

Informações precisas e obtidas com agilidade fazem a diferença na tomada de decisões. Por isso, quando o assunto é análise de dados e análise de mercado, muitas empresas têm lançado mão de plataformas de geomarketing. Afinal, lidar com o imenso volume de dados - internos e externos - exige inteligência e tecnologia.

Conheça quatro tendências do geomarketing que podem influenciar suas estratégias de investimento e expansão. 

1. O espaço para o achismo é cada vez menor 

Muitas escolhas de ponto são feitas com base no feeling do profissional. Essa experiência, claro, é muito importante. Mas há cada vez menos espaço para critérios subjetivos na hora de definir a estratégia de expansão. Motivo: o custo de embarcar em uma furada é altíssimo. Toda empresa – em especial as áreas de suporte, como recursos humanos, logística e marketing –, se mobiliza para viabilizar a abertura da nova unidade. E o investimento aplicado na instalação do negócio, com a compra de maquinário, treinamento de funcionários e material promocional, vai por água abaixo se a localização do ponto estiver equivocada. 

Para decidir com segurança, o melhor é aliar a experiência e o conhecimento de mercado da sua equipe a ferramentas de análise e a dados confiáveis. 

2. Saiba quanto sua loja vai faturar 

Se você já escolheu o local para o seu novo ponto comercial, provavelmente já tem uma boa noção dos custos envolvidos: valor do terreno ou aluguel do imóvel, reforma, material de marketing e contratação de funcionários, por exemplo. 

Mas quando falamos em retorno sobre o investimento, o que realmente importa é saber quanto a loja vai faturar. De fato, ter estimativas precisas sobre o faturamento de uma loja antes mesmo da abertura parece algo impossível. Não é. Esse número mágico pode ser obtido a partir de metodologias que permitem prever qual será a rentabilidade do negócio. Como? Levando em consideração dados sociais e econômicos do seu mercado de atuação. 

Estamos falando de aspectos como número de moradores do bairro, potencial de consumo, renda familiar, presença do público-alvo e localização dos concorrentes. A partir do cruzamento desses dados, é possível fazer estimativas para diferentes pontos antes de optar pela localização ideal, aquela onde, uma vez instalada, sua loja terá a melhor performance. Além disso, é possível isolar e entender os fatores de sucesso – que, muitas vezes, estão atrelados à localização. 

3. Os mapas podem dizer muito sobre seus clientes 

Não dá para sair por aí abrindo lojas e oferecendo seus produtos sem ao menos saber quem é seu público-alvo. Hoje é possível mapear o perfil dos moradores de uma determinada região e identificar se ali existem potenciais consumidores para o seu produto. 

Se a sua empresa possui o cadastro dos clientes, você tem um tesouro nas mãos. Só com o endereço completo, você já pode mapeá-los e identificar onde eles moram, qual a renda provável deles e qual é a distância que percorrem para consumir seu produto ou serviço. 

Quem não possui essa base cadastral pode lançar um cartão de fidelidade ou cartão de crédito para mapear essas informações de endereço. Outra alternativa é contratar consultorias que fazem a chamada pesquisa "origem-destino", que identifica de onde vieram e para onde vão seus consumidores. 

Análises como essas ajudam você a entender a área de influência do seu negócio, ou seja: a distância que seus clientes estão dispostos a percorrer para consumir seu produto ou serviço. Essa informação é útil tanto para otimizar o desempenho da sua rede atual, quanto para embasar estratégias de expansão.

Estratégia de expansão com Geomarketing

4. Dedique-se ao negócio da sua empresa 

Já deu para perceber que os dados de localização do seu comércio, quando analisados isoladamente, não conseguem fazer milagres, não é? Por isso, sua empresa deve contar com um sistema próprio, que tenha dados georreferenciados para lhe ajudar a entender não só a região para onde sua rede pretende expandir, como também o seu negócio. 

É claro que há meios de obter informações sobre determinado local utilizando bancos de dados disponíveis no mercado. No entanto, essas soluções vão requerer tempo e dedicação da sua equipe de expansão, além de demandar atualizações regulares. 

Por isso, a tendência é contratar uma plataforma de geomarketing que possua tudo isso em que o grande benefício é contar com todas as informações em um único local de forma atualizada e segura. Dessa forma, sua empresa pode obter informações de geomarketing de forma rápida e fácil e se dedicar a atividades realmente estratégicas para o negócio.

Ter uma plataforma online que possa ser acessada por várias pessoas possibilita, de maneira fácil e em tempo real, mostrar informações para toda a empresa. Além de dificultar, por exemplo, que tomadores de decisão tenham viés diferentes no momento de escolher locais para a expansão. Toda a companhia passa a contar com uma solução que padroniza e distribui informações e conhecimentos e que gera um padrão único de tomada de decisão. 

Por João Pedro Ribeiro do Val / Diretor Comercial

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing