Geofusion na imprensa: Mapa online ajuda a incrementar publicidade em mídia out of home

O OnMaps, nossa plataforma de inteligência geográfica de mercado, foi destaque no jornal e portal PropMark, veículo especializado em comunicação e marketing. O conteúdo abordou a mídia out of home.

A matéria contou também com a participação da Valéria Duarte, diretora de marketing e relacionamento aqui da Geofusion. A seguir, você confere a matéria na íntegra.

Fonte: Kelly Dores, publicado no Propmark, em 30 de maio de 2016

Um mapa online em que é possível cruzar várias informações mercadológicas para auxiliar as marcas na tomada de decisões estratégicas de negócios, de marketing e até de mídia. Assim é o OnMaps, uma plataforma online de inteligência geográfica criada pela brasileira Geofusion que utiliza princípios de geomarketing atualizados.

relgio-jcdecaux_pequena.jpg
No mapa, há desde informações básicas sobre o perfil das pessoas que moram numa região, como sexo, renda, salário, potencial de consumo delas, características de consumo, até um raio-X dos negócios que existem ao redor. São dados importantes para a área de marketing, que, quando visualizados no mapa, fazem toda a diferença, destaca Valéria Duarte, diretora de marketing e relacionamento da Geofusion.

“Com essas informações, uma rede de varejo pode, por exemplo, fazer um posicionamento de mix de produtos, diferenciar a precificação em função das características da região e reposicionar a rede de acordo com o número de lojas mapeadas, verificando a sobreposição”, explica a executiva.

“Quando a empresa consegue ver o negócio em termos de localização passa a ter um entendimento muito diferente de como o seu negócio é realizado, principalmente quando compara a sua performance com o mercado. É muito difícil cruzar essas informações e o mapa favorece isso, porque é muito visual, bem mais fácil e melhor de entender do que relatórios, tabelas e gráficos”, observa.

Ela afirma que um caso comum de utilização da ferramenta pelas empresas é verificar a sobreposição de vendedores. “Esse é um problema corriqueiro, que gera uma economia muito grande. Com o mapa, a empresa consegue enxergar melhor, por exemplo, casos em que há muitos vendedores em uma determinada cidade e outra região com potencial que está totalmente desatendida”, exemplifica.

New Call-to-action

Mídia

A executiva da Geofusion conta que o OnMaps possui um módulo só para a área de mídia e o uso tem crescido bastante entre os exibidores de mídia OOH, que conseguem enxergar, por exemplo, o fluxo provável de pessoas em torno do ponto de exibição.

“Tem vários ganhos. A ferramenta ajuda o exibidor a comprar mídia em um ponto sabendo quantas pessoas vai impactar. A localização permite estimar esse público e também enxergar desde coisas mais gerais, como ver no mapa se a mídia que está comprando alcança o público-alvo. Outro caso é visualizar a distância dos painéis com as lojas das redes de fast-food, por exemplo. Se o restaurante está a oito quilômetros do outdoor, a comunicação não vai ser tão efetiva. Com exceção das campanhas de branding, as empresas não querem pagar uma mídia que esteja longe do seu ponto de venda, porque daria um impacto menos real nos negócios”, explica.

Valéria afirma que quase todos os exibidores de OOH, como Cemusa, Clear Channel, Otima e JC Decaux, são clientes da Geofusion. “Os exibidores aderiram em peso, como um diferencial para vender o produto”, destaca ela.

Segundo a diretora, o OnMaps utiliza dados de mais de 300 fontes oficiais de informação, como IBGE, Banco Central, Secretarias de Saúde e Educação. “E tem muita informação que a gente produz e trabalha com o cruzamento dos dados, com um modelo próprio de projeção”.

Ela conta que quando a empresa começou, há 20 anos, eles pegavam um mapa de papel da prefeitura e faziam a marcação com alfinetes. Na primeira versão da solução, já existiam mapas digitais, mas custavam muito caro e por isso trabalhavam apenas com grandes clientes. “A grande virada ocorreu em 2008, quando a tecnologia ficou mais acessível para que pequenas e médias empresas pudessem pagar também”, afirma Valéria.

A Geofusion recebeu recentemente aporte de mais de R$ 35 milhões, do gestor de fundos de participações DGF Investimentos. Esse foi o terceiro round de investimentos da Geofusion, que já havia recebido aportes do fundo Criatec (em 2011) e da Intel Capital (em 2013). Desde 2013, a empresa viu sua carteira de clientes crescer mais de 100% (passou de 150 para 320).

New Call-to-action

Por Pedro Figoli / CEO
Categoria Notícias

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing