Inspirar pra não pirar #9: 5 ações para incentivar você nesta semana

Você já decidiu o que vai fazer para transformar a realidade nesta semana?

Confira abaixo algumas notícias dos últimos dias para te ajudar a pensar nisso:

inspirar-nao-pirar-9

Ventiladores pulmonares de baixo custo conseguem financiamento

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo começaram a desenvolver um aparelho emergencial para ajudar as vítimas, chamado de Inspire.

Como os materiais para este tipo de produto são caros, a ideia era fazer um que não custasse tanto às instituições.

Em apoio a isso, a Vick financiou a compra de um equipamento que simula em laboratório o pulmão humano.

A marca, que trabalha com produtos para sintomas de gripes e resfriados, está investindo no combate à doença, e já fez doações de R$ 10 milhões para hospitais e UPAs.

Iniciativa lança apoio a comunicadores das periferias

Em situações complexas como a da pandemia de Covid-19, as notícias nem sempre chegam às periferias de modo compreensível a um público mais amplo.

Por isso, o Desabafo Social abriu inscrições para incentivar profissionais que se dediquem a informar e conscientizar as populações dessas regiões a respeito do vírus. As categorias são audiovisual, podcasts e rádio, portais, artivismo, e ações de vizinhança.

A organização atua desde 2012 com foco em Educação e Comunicação em Direitos Humanos, realizando pesquisas, treinamentos, entre outras ações.

New call-to-action

Casos de Covid-19 são mapeados com inteligência geográfica

Os softwares de dados com base em georreferenciamento são cada vez mais utilizados para diversas finalidades no mundo.

Nas últimas semanas, diferentes tipos de organizações produziram e se orientaram por meio de mapas para compreender a respeito das transmissões.

Com a facilidade na visualização, as ações necessárias foram direcionadas de modo mais ágil e complicações foram evitadas.

100 mil lojas virtuais são abertas no Brasil

De acordo com informações da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico publicadas na Folha de S. Paulo, o País teve dez vezes mais aberturas de lojas online durante a quarentena.

A média, que antes seria de 10 mil por mês, aumentou para 100 mil. Isso ocorre porque, uma vez que grande parte das pessoas está ficando em casa, o consumo de produtos acaba ocorrendo por meio de pedidos na internet.

Consequentemente, empresas que tinham serviços digitais mais estruturados conseguiram oportunidades de se manterem ou mesmo crescerem. As que ainda não os tinham, aceleraram essas adaptações para atendimento ao novo comportamento.

inspirar-nao-pirar-9 (2)

Apoio internacional destina U$ 2,5 mi a vulneráveis na Amazônia

No início do mês, os Estados Unidos anunciaram que direcionariam 2.500 dólares para ajudar as populações em risco de vulnerabilidade ao novo coronavírus, principalmente refugiados e amazonenses.

O Greenpeace também está movendo esforços na região. Por meio do projeto Asas da Emergência, a ONG está indo às aldeias indígenas de helicóptero para levar produtos de higiene básica.

O Estado do Amazonas foi um dos mais afetados pela pandemia no Brasil.

Essas são somente algumas das ações que estão ocorrendo em diferentes partes do País para a solução de problemas. Quer ter mais ideias para repensar a realidade? Acesse nosso material exclusivo:

New call-to-action

Por Victor Melo / Redator Web

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

  • [EBOOK] 6 Fatores de Sucesso para Abertura de Novas Lojas Baixe grátis
  • [EBOOK] As Principais Soluções de Geomarketing Para Expansão de Redes Baixe grátis
  • [TOP 50] Os Municípios com Maior Potencial de Consumo Baixe grátis
  • [QUIZ] Você sabe o que considerar na escolha do ponto comercial ideal? Baixe grátis

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing