Inteligência geográfica de mercado com OnMaps: 7 práticas para adotar agora

Foi-se o tempo em que tomar decisões sobre a abertura ou reestruturação de um ponto comercial era uma tarefa trabalhosa, e muitas vezes executada sem acesso a dados confiáveis. Hoje, soluções de geomarketing como o OnMaps permitem que as empresas utilizem dados geográficos para tomar mais, melhores e mais rápidas decisões, com impacto direto nos resultados.

Saber como utilizar essa tecnologia a favor da sua empresa é essencial para aumentar as chances de sucesso na hora de investir. E a médio e longo prazo, oferece uma importante vantagem competitiva..

Conheça sete práticas para começar a aproveitar todo o potencial do OnMaps, colocando a inteligência geográfica de mercado a serviço do seu negócio.

p24_done

1. Saiba o que buscar

 

O OnMaps tem muito conteúdo. Por isso, é preciso saber exatamente o que você tem que procurar para que ele realmente seja útil para o seu negócio. A ferramenta disponibiliza muita informação de mercado, mas nem todas essas informações serão úteis para sua empresa. Saber o potencial do consumo de alface em uma determinada região não ajuda em nada se você vende sapato, certo?

Liste as informações relevantes que você quer encontrar no OnMaps para compor sua estratégia de mercado. Há muito conteúdo disponível e, para não se perder, é necessário observar no seu negócio quais dados realmente são relevantes, influenciando direta ou indiretamente cada decisão.


2. Entenda como o seu negócio se comporta

Cada empresa tem um comportamento diferente no seu mercado. Por isso, para aproveitar o que de melhor a plataforma tem a lhe a oferecer, não limite suas análises apenas aos dados disponíveis na base do OnMaps.

Faça o cruzamento deles com dados próprios relacionados ao seu negócio. Mapeie seus pontos de venda, revendedores, distribuidores, centro de distribuição, concorrentes e, quando possível, seus clientes.

Mapear seus clientes, por exemplo, pode ser o ponto de partida para identificar padrões importantes relacionados à idade, renda, ocupação e hábitos de consumo, permitindo que você faça os ajustes necessários na sua estratégia para aproveitar cada oportunidade.

Estratégia de expansão com Geomarketing


3. Use as informações a seu favor

Um software de geomarketing oferece tantas variáveis que muitas vezes você pode se sentir perdido e não saber o que fazer. Por isso, é importante aprender a relacionar as informações da ferramenta a favor do seu negócio.

Descubra quais são os dados que realmente importam e relacione-os de forma a responder seus questionamentos. Busque padrões de comportamento. Selecione quais pontos vendem mais e quais vendem menos, e entenda as características mercadológicas de cada um. Assim, você poderá descobrir quais são os padrões que influenciam os resultados desses pontos.

Por exemplo, você pode perceber que a loja de maior faturamento possui um volume populacional preponderante da classe C, enquanto na que vende menos a maior parte da população do entorno pertence a classe A. Análises como essa possibilitam identificar o real público-alvo ou, ainda, dão insights para uma reestruturação do ponto.


4. Crie modelos de análises para toda a empresa

Utilizar a mesma base de dados e o mesmo sistema para fazer análises e tomar decisões evita que a empresa seja guiada por pontos de vista conflitantes.

Nenhum negócio pode confiar cegamente no "feeling" de algumas pessoas. Para garantir uma tomada de decisão mais assertiva, sua empresa tem que possuir um padrão de análise de mercado que forneça informações da mesma forma para todas as pessoas envolvidas no planejamento.

Quando existe acesso fácil a dados confiáveis e atualizados, as discussões se tornam mais produtivas e os argumentos melhor embasados, minimizando conflitos derivados do "achismo", ou da experiência pessoal de cada um.

Se você é um líder, deixe claro para toda a equipe quais dados devem ser considerados no momento de analisar o mercado e a que decisões específicas as análises devem dar suporte.


5. Invista em treinamento

De nada adianta uma ferramenta de geomarketing se sua equipe não for capaz de fazer as análises necessárias para o negócio. Garanta que seus funcionários sejam treinados, conheçam a solução e saibam elaborar padrões de análises relevantes para a sua empresa.


6. Colecione cases

A melhor forma de perceber se os seus padrões de análises criados têm sido efetivos é medir os resultados observando os casos de sucessoSuponha que sua análise concluiu que era melhor relocalizar um determinado ponto comercial. Mensurando os resultados do novo ponto você saberá se a decisão foi acertada, que fatores específicos influenciaram no que está dando certo e como eles podem ser replicados em outros pontos.

Se a mudança do ponto não surtiu efeito, identifique os pontos de melhoria para não repeti-los. A melhor forma de medir o quanto seu processo de inteligência geográfica de mercado é relevante é acompanhando detalhadamente os resultados das ações realizadas, gerando um feedback constante sobre os erros e acertos das análises.


7. Dissemine o conhecimento geomarketing dentro da empresa

Mostre para toda a empresa os conceitos que estão sendo aplicados, os cases de sucesso e as novas formas de olhar o mercado. Procure fazer com que todos entendam os benefícios trazidos por essa forma de entender o mercado em que a empresa atuaEstratégia de expansão com Geomarketing

 

Por Valéria Duarte / Diretora de Customer Success

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing