On Shelf Availability (OSA): como aplicar este indicador?

on-shelf-availability

Você já se encontrou olhando para uma prateleira vazia sem o produto que estava buscando em determinado estabelecimento? A falta de reposição de itens em estoque pode prejudicar o sucesso das vendas de uma empresa, por isso o On Shelf Availability tem tanta importância.

Repor o estoque e acompanhar em tempo real a saída dos artigos de uma prateleira é um processo que demanda muita atenção tanto da indústria como dos varejistas.

Falhar durante o abastecimento de produtos, quando existem unidades disponíveis, pode significar perder a preferência de um cliente.

Quer saber mais sobre a importância do On Shelf Availability e como é capaz de ajudar as empresas? Então continue a leitura deste post.

Mas, antes, indico a leitura do material abaixo. É só clicar no banner e realizar o download.

ebook-industrias-geomarketing

O que significa On Shelf Availability (OSA) e qual a sua função?

Em português, a expressão pode ser traduzida para ''disponibilidade na prateleira'' e representa um indicador para cadeia de suprimentos que é capaz de identificar os motivos que levam um produto a acabar no estoque, facilitando a reposição rápida e eficiente.

Isso tudo acontece porque o OSA possibilita a gestão do estoque e a disponibilidade de cada artefato de acordo com estes critérios:

  • expectativa do cliente;

  • histórico e volume de vendas;

  • sazonalidade e dias da semana de maior procura.

Um exemplo básico para mostrar como o On Shelf Availability funciona são as lojas que comercializam aparelhos de ar-condicionado.

Esses produtos têm uma procura elevada durante o verão, fazendo com que as empresas tenham que se preparar com estoque e novos modelos para atender a demanda da população.

Sendo assim, o OSA se mostra extremamente eficiente para qualquer negócio que busca organizar o seu processo de controle e distribuição no PDV.

Dessa forma, é possível evitar que produtos que estejam disponíveis em estoque não sejam repostos nas prateleiras e promovam uma má impressão ao shopper, que está buscando por um determinado item no estabelecimento.

Como elaborar ações para aplicar este indicador?

A vantagem de agir rapidamente e solucionar uma questão que pode ser prejudicial para o desempenho comercial da empresa faz com que novas estratégias com OSA sejam desenvolvidas.

Em um ambiente cada vez mais competitivo entre diferentes companhias, garantir eficiência em todos os âmbitos é essencial para oferecer a melhor experiência ao cliente.

Pensando nisso, indicamos as principais ações que envolvem o On Shelf Availability para que a indústria esteja preparada e atenda as demandas do mercado. Veja abaixo.

Avaliação dos níveis de estoque

Acompanhar o número de produtos disponíveis nas gôndolas é uma obrigação para qualquer marca que esteja em busca do sucesso. Por essa razão, é imprescindível que tenha controle sobre a quantidade de itens em sua prateleira para que, ao primeiro sinal, seja possível solicitar a reposição.

O avanço da tecnologia permite que softwares sejam capazes de informar em tempo real o andamento das vendas, sinalizando, de maneira instantânea, a necessidade de repor determinados produtos, separando-os em categorias que estejam em falta nas prateleiras.

Sendo assim, as empresas economizam tempo e agilizam um processo que antes demandaria um profissional — ele precisaria realizar esse acompanhamento pessoalmente, transmitindo a informação até outro funcionário, responsável pela reposição.

Equilíbrio do nível de produtos disponíveis

Qual é o período de maior procura por determinado item? Quais épocas mais fortes para a comercialização de um lançamento e quantas vendas por unidades são estimadas a partir do estudo do comportamento do público-alvo?

Essas informações fazem parte da utilização do OSA e garantem que uma empresa não seja surpreendida por diversos clientes que estão à procura de um artigo que já está esgotado no estoque.

Contar com o auxílio desses relatórios permite que a empresa transmita profissionalismo ao mercado, favorecendo a sua confiança entre os clientes e atraindo novos públicos.

Quais são os benefícios do OSA?

Para finalizarmos, vamos explicar quais são as vantagens oferecidas pelo On Shelf Availability. Dessa forma, não vão sobrar dúvidas sobre a eficácia da implementação desse acompanhamento dentro do seu trabalho.

Diminui a perda de clientes

Os consumidores criam confiança e segurança por empresas que contam com um controle rígido a respeito dos produtos disponíveis em estoque. Com isso, essa companhia passa a ser a primeira opção na hora de fazer a sua próxima compra.

Ao contrário de um cliente que se dirige até um estabelecimento e não encontra o item desejado na gôndola, fazendo com que a experiência do consumidor não seja eficiente. Dessa forma, as chances de essa pessoa retornar ao local diminuem, reduzindo a possibilidade de fideliza-la.

Contribui com as impressões positivas da marca

Além de oferecer uma boa experiência de compra, a empresa ainda garante a oportunidade de o comprador se tornar um advogado da marca. Ou seja, aumentam as suas chances de que essa pessoa indique ou elogie o estabelecimento para amigos, familiares e conhecidos.

Oferece mais agilidade ao processo

O On Shelf Availability proporciona aos funcionários a facilidade de acompanhar o desempenho das vendas e assim, solicitar a reposição de produtos.

Isso evita que as prateleiras fiquem vazias, garantindo que todos os consumidores encontrem os itens desejados de acordo com as suas expectativas de compra.

Provoca uma redução de perdas

Alguns produtos são perecíveis e necessitam um controle mais rígido a respeito da sua reposição e controle na hora de disponibilizar cada unidade na gôndola.

Sendo assim, com um acompanhamento OSA, as indústrias conseguem adequar as suas produções de acordo com cada necessidade do varejo e garantir que não aconteça nenhum desperdício no processo de transporte e organização no PDV.

Aumenta o número de vendas

São tantas vantagens que o crescimento dos números em vendas começa a aparecer com frequência, fazendo com que o ROI (Retorno Sobre Investimento) comprove a importância de contar com o OSA para agilizar o processo de organização e reposição dos produtos.

On Shelf Availability é o indicador ideal para as companhias que desejam melhorar o seu desempenho, demonstrando ao consumidor organização, profissionalismo e responsabilidade na hora de cuidar dos seus produtos e estoque.

Sendo assim, implementar esse recurso em sua rotina de trabalho é a estratégia que pode estar em falta na busca por eficiência e crescimento no mercado.

Quer saber mais sobre como levar uma nova visão para sua empresa? Clique no banner abaixo e faça o download do material, gratuitamente.

ebook-industrias-geomarketing

Por Renato Chaves / Gerente Comercial

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

  • [EBOOK] 6 Fatores de Sucesso para Abertura de Novas Lojas Baixe grátis
  • [EBOOK] As Principais Soluções de Geomarketing Para Expansão de Redes Baixe grátis
  • [TOP 50] Os Municípios com Maior Potencial de Consumo Baixe grátis
  • [QUIZ] Você sabe o que considerar na escolha do ponto comercial ideal? Baixe grátis

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing