Papel, desktop ou cloud? Qual a melhor ferramenta de geomarketing?

p14_done-1

Imagine que você está com sua equipe definindo o plano de expansão do seu negócio. Já é tarde da noite e vocês estão identificando as áreas que enxergaram com mais potencial de mercado utilizando alfinetes coloridos.

A apresentação do plano para o gestor é no dia seguinte, logo pela manhã. Você vai para a casa com aquela sensação de dever cumprido, mas ao chegar no trabalho, percebe que alguém dobrou o mapa por engano e deixou cair alguns alfinetes no chão. É neste momento que, além do desespero, bate também o arrependimento por ter recusado a proposta de um software de geomarketing.

Não há nada de retrógrado em usar mapas de papel, aliás, eles são uma ótima opção quando é preciso ver o mercado/região como um todo. No entanto, não oferecem conteúdo, opções de atualização e conforme as marcações aumentam, mais cedo ou mais tarde você terá de substitui-lo, ou ter vários que concentrem diferentes informações. Além de, claro, correr o risco de perder o trabalho por conta da desatenção de algum desavisado ou mesmo um acidente com café. É melhor deixar o mapa apenas para consultas esporádicas, certo?

Estratégia de expansão com Geomarketing

Foi na década de 90 que começaram a ser comercializados no Brasil softwares geográficos, que passaram a facilitar muito o trabalho analítico, ampliando as possibilidades de análise de mercado, pois permitem o armazenamento, consulta e análise de um enorme banco de dados.

Contudo, todos esses dados precisam ser inseridos pelo usuário, que de alguma forma deve ter um criterioso controle sobre eles para que não se percam e sejam preenchidos corretamente. Mas, por permitirem análises complexas e com uma infinidade de dados é importante que o usuário faça alguns treinamentos para tirar melhor proveito do software.

Como são instalados em máquinas (computador ou servidor) só são utilizados por usuários específicos, que só podem acessá-los por estes locais. Ou seja, as áreas que precisam acessar os dados acabam ficando dependentes da disponibilidade destes usuários.

Suas análises com muito mais flexibilidade e atualização

Hoje em dia, as ferramentas de geomarketing evoluíram. Como são armazenadas na nuvem, os usuários podem acessá-las de qualquer lugar desde que conectado na internet. Por conta disso, a empresa pode disponibilizar o acesso para várias pessoas de uma mesma equipe utilizarem a ferramenta ao mesmo tempo. Por possuir uma interface intuitiva e de fácil acesso os usuários conseguem utilizá-la com mais agilidade e menos tempo de treinamento.

Entre as vantagens de possuir uma solução de geormarketing Saas (Software as a Service) é ter dados sociodemográficos, como idade, renda, faixa etária e sexo da população de cada região. Além de ter mapeado a localização de empresas, como concorrentes, o que permite que o planejamento seja ainda mais assertivo. Dessa forma, é possível ter um recorte bem preciso da região que se tem interesse em investir.

Antes de escolher a melhor solução para sua empresa é preciso avaliar qual se encaixa melhor de acordo com a necessidade e tamanho do negócio e budget disponível para investir. Algumas organizações, que precisam lidar com uma uma enorme quantidade e qualidade de dados, optam por trabalhar até com as três soluções, usando-as em etapas diferentes do projeto e de acordo com a necessidade de cada estratégia.

E você, como tem realizado o planejamento da sua empresa?

Estratégia de expansão com Geomarketing

Por João Pedro Ribeiro do Val / Diretor Comercial

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing