Polos de EAD: descubra como expandi-los com tecnologia em mapas

Após a nova regulamentação do Ministério da Educação (MEC), implementada em 2017, a criação de polos de educação a distância ficou mais ágil e menos burocrática.

Para dar uma ideia em números, somente nos seis primeiros meses depois da regulamentação, o número de polos de apoio presencial em território nacional subiu de 7,1 mil para 13,2 mil. Um crescimento de 85%, de acordo com o próprio MEC.

polos-de-ead

A nova regra permite a simples comunicação da instituição de ensino ao Ministério sobre a criação dos polos, de acordo com o seu respectivo Conceito Institucional - avaliação in loco feita pelos especialistas do MEC.

Uma universidade com conceito máximo de 5 pode abrir até 250 polos. Já uma com nota de CI 3 pode inaugurar 50, por exemplo.

Os polos são destinados ao desenvolvimento dos cursos e funcionam como ponto de referência para os estudantes. Avaliações regulares, defesas de trabalhos de conclusão de curso e a utilização de laboratórios de informática e de biblioteca são as suas principais funções.

A simplificação de todo o processo de criação de polos de EAD estimulou ainda mais a expansão Brasil afora de faculdades, principalmente. E se você trabalha com isso, sabe muito bem que agora é a hora de ganhar espaço e sair na frente da concorrência.

Mas qual a melhor maneira de saber onde criar polos estrategicamente localizados? Existe uma solução. A tecnologia em mapas da ferramenta OnMaps proporciona uma visão completa do mercado.

Seja no momento de analisar o perfil da população (e dos potenciais alunos) de uma região ou identificar instituições parceiras para a criação dos polos, com OnMaps você vai desenvolver um plano de expansão bastante sólido, que estimula tomadas de decisão rápidas e seguras.

Neste post, você vai descobrir as diversas possibilidades do software para a sustentação das suas estratégias e do direcionamento de investimentos quando o assunto é o crescimento dos polos de apoio presencial.

Antes, sugiro a leitura do nosso material para que você complemente tudo o que já sabe sobre expansão de negócios. Basta clicar no banner abaixo e fazer o download.

New Call-to-action

Mapeamento de parcerias para polos de EAD

Não é segredo dizer que a forma mais viável para a ampliação dos polos são as parcerias com outras instituições de ensino. Montar uma estrutura do zero custa caro, além de o processo não acompanhar a velocidade necessária para a expansão.

É por esta razão principal que muitas universidades encontram oportunidades para a instalação de polos em contato com escolas particulares, cursinhos e até concorrentes indiretos.

Como você também já deve saber, a iniciativa da parceria parte, muitas vezes, de quem quer receber o polo. Então, com o endereço de um possível parceiro em mãos, você pode importá-lo no OnMaps para avaliar o entorno.

Isso significa que você passa a entender quais são as características da região em relação tanto à população como à presença da concorrência.

A ferramenta é carregada de informações oficiais, públicas e privadas, sobre renda média, faixa etária, escolaridade, presença de trabalhadores, público universitário e de competidores. Ao todo, são mais de 250 fontes de dados.

Este é um ótimo ponto de partida para você avaliar se uma possível instituição parceira vai realmente ao encontro das suas estratégias de expansão de EAD. Afinal, as regiões dos polos devem ser compatíveis às expectativas do público-alvo dos seus cursos, não é mesmo?

Outra possibilidade é a prospecção direta dessas instituições parceiras. O OnMaps oferece o mapeamento de milhares de escolas e faculdades em todo o país, ponto a ponto, com informações de endereço, telefone, data de abertura, número de alunos matriculados e até de quantos alunos existem por curso ofertado.

Abaixo, um exemplo de mapeamento de universidades no centro de Florianópolis (SC), mostrando as informações de uma selecionada, no detalhe:

polos-ensino-onmaps

Os dados provêm do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e do MEC.

Se no seu caso a questão é o volume, ou seja, precisa de muitas possibilidades de parceria de uma só vez, rapidamente, você ainda pode adquirir em paralelo uma relação completa de instituições de ensino, das regiões que mais lhe interessam, utilizando filtros de busca.

O OnMaps possui uma funcionalidade que apresenta mais de 16 milhões de registros de empresas, e você pode filtrá-las por critérios como faturamento, operacionalidade e a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).

Esse último vai proporcionar a você encontrar parceiros pelo setor de atividade do negócio registrado na Receita Federal.

Vantagem competitiva: de olho na concorrência

Já mostrei a você como encontrar não só parcerias, mas também universidades concorrentes. Seja ponto a ponto ou em volume, filtrando em cima dos milhões de CNPJs contidos no OnMaps, é bem simples mapear seus competidores diretos.

Mas se você quiser entender onde estão os polos de EAD dessas universidades? A ferramenta ainda não apresenta essa informação, mas você pode utilizar os dados que possui dentro de casa para realizar análises.

O importador do OnMaps permite que você suba em planilha Excel os endereços de polos da concorrência. Caso ainda não tenha levantado esses dados, fica aqui uma bela dica para sair na frente e desenvolver ainda mais a inteligência competitiva na sua empresa.

Após a importação, o software georreferencia cada endereço para, a partir daí, você realizar os seus estudos.

Por exemplo, é possível entender onde a concorrência está posicionando polos, quais as características dessas regiões (perfil da população, comércios vizinhos, se possui estação de trem e metrô próximo) e começar a traçar indicadores.

Entender ações como essas darão mais embasamento na hora de você potencializar o seu plano de expansão.

Mapeamento de endereço dos alunos atuais

Por mais que o aluno não visite um polo de forma recorrente, é fundamental que exista conveniência para ele. A distância, as condições de acesso e os custos de deslocamento até o polo contam na hora do estudante optar por uma ou outra faculdade de EAD.

Um recurso bem interessante do OnMaps para você compreender quanto os seus alunos estão distantes e quanto tempo se deslocam até chegar a um polo já em funcionamento é criar a área de influência.

area-de-influencia2-minExemplo de área de influência traçada a partir de uma loja; os pontos em rosa são os clientes e os raios trazem áreas primárias, secundárias e terciárias

A partir desse tracejado e histórico de deslocamento de alunos, é possível entender quais polos estão melhor posicionados em relação aos endereços de residência e/ou de trabalho.

Encontrar uma relação entre a frequência de alunos nos polos e a localização pode ser um bom indício de posicionamento para a expansão.

Entender não só deslocamento, mas também o perfil desses alunos em relação à renda, faixa etária e até estilo de vida pode ser o pulo do gato na captação de novos alunos. Isso por que você posicionará polos de educação a distância em regiões atrativas a matrículas.

Vou explicar melhor. O primeiro passo é entender o perfil ideal de uma região onde estão localizados os polos que já atraem muitos alunos: qual a densidade demográfica, presença de comércios que atraem fluxo de pessoas, renda predominante, faixa etária etc.

Depois, no OnMaps, é só buscar áreas com características semelhantes para posicionar os seus novos polos.

Descentralização do ensino e oportunidades para polos

O grande trunfo do EAD é, obviamente, a possibilidade de romper as barreiras físicas e democratizar o ensino. Pessoas que não tinham a oportunidade de se deslocar para grandes centros estudam, hoje, de casa.

Por isso, a criação de polos em regiões interioranas é fundamental para um forte planejamento de expansão tanto para conquistar mercado como para oferecer um serviço de qualidade aos estudantes.

É nesse contexto que o OnMaps apresenta o indicador das relações econômicas entre municípios, ou as relações de influência das cidades (RICs).

relacoes-economicas-RNMapa apresentando o movimento de cidades menores para centros urbanos no estado do Rio Grande do Norte

É por meio dessa visualização em mapas que você pode compreender quais são as cidades que atraem público das menores.

Na prática, é possível dizer que você terá em mãos fortes indicadores de onde a população de determinadas regiões tende a se deslocar para trabalhar e, assim, criar polos em locais mais convenientes em relação a locomoção de alunos.

Falando em trabalhadores, a OnMaps traz ainda uma informação exclusiva chamada PEA Dia, ou população economicamente ativa durante o dia.

Com ela, você descobre quais sãos as regiões com maior concentração de pessoas trabalhando (também contempla aposentados e outros perfis com renda ativa), assim como a renda predominante.

É um dado bastante rico para que você comece a mapear onde criar polos de EAD e fomente o desenvolvimento descentralizado das atividades da sua instituição.

Além dos mapas, você também acessa relatórios do PEA Dia e também da população que trabalha em uma região. No exemplo a seguir, o bairro Santa Paula, em São Caetano do Sul, com predominância de residentes de classe A, apresenta a maioria da população trabalhadora com renda variável entre classes C e D (33,39%).

pea-dia-santa-paulaConclusão

Abrir um polo de educação a distância na região correta vai dar ainda mais solidez à expansão da sua empresa. Contar com ferramentas como o OnMaps para tal garante o apoio necessário na estruturação e no amadurecimento da rede nos aspectos comerciais e operacionais.

São as análises e estudos de oportunidades de mercado, mas também dos potenciais parceiros de negócios, que trarão qualidade para cada um dos seus cursos de EAD.

Um polo que apresenta bom desempenho ao longo do tempo servirá como um forte indicador de que o seu plano de crescimento está no caminho certo. Também será exemplo para que você busque locais com características similares, seja em relação à população de entorno, acessibilidade ou presença da concorrência.

Quer saber mais sobre como o OnMaps vai levar uma nova visão para sua empresa? Clique no banner abaixo e faça o download do material gratuitamente.

New Call-to-action

Por Caio Sanchez / Editor

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing