Segmentação Intraurbana

Como compreender as características sociodemográficas e mercadológicas de uma região ou ponto?

Na maioria das vezes, ficar olhando para dezenas de dados separadamente atrasa seu processo analítico. Com a Segmentação Intraurbana, você consegue ter maior embasamento em seus estudos para entender essas características.

Captura de Tela 2020-11-10 às 16.07.14

Com este conteúdo, você terá dois tipos de informação: Clusterização e Probabilidades.

Clusterização

É a visualização dos hexágonos clusterizados de acordo com a característica predominante. 

Ao criar a camada > Segmentação intraurbana e filtrar o município da análise, você consegue identificar onde estão as áreas predominantemente comerciais desse município, Onde estão as regiões verticalizadas, onde estão as áreas mistas.

Um exemplo simples de como usar essa camada é visualizá-la junto a sua base de lojas com algum critério de desempenho, visualmente você consegue identificar o perfil do entorno dos locais onde essas unidades estão. O mesmo se você importar a base clientes, é possível visualizar as características da região onde os meus clientes moram. 

Exemplo GeoLojas*

Probabilidades:

Na clusterização você tem a característica principal do hexágono, já com a probabilidade você tem o percentual do cluster.  

Sabemos que nenhum lugar é 100% Comercial, 100% Vertical.  

Com essa camada, é possível identificar áreas que não tem como característica principal o meu perfil de entorno ideal, mas que tem um % relevante para validação, caso não encontre um imóvel para locação na região ideal. 

Exemplo São Paulo > área comercial > probabilidade*

Metodologia:

O primeiro passo para a construção desse conteúdo foi a segmentação Municipal. 

Sabemos que cada cidade tem uma dinâmica e características diferentes, então as áreas comerciais de uma cidade como são paulo é diferente de uma cidade como Pinhalzinho, SC.

Dos 8 clusters da segmentação Municipal, nos utilizamos de 5:

  • Metrópoles
  • Centros de influência
  • Interior próspero
  • Interior em Ascensão
  • Polos Industriais

 

Isso significa que a segmentação intraurbana não está disponível para todo o Brasil. Está disponível para todos os municípios com população superior a 30 mil habitantes. 

São 11 segmentações nas metrópoles:

    • Residenciais (Baixa Renda):
      - Possui baixa quantidade de apartamentos, baixa renda e baixa quantidade de leads num geral, o que demonstra que não é uma área de interesse para serviços em geral.

      - Em São Paulo a média desse cluster para renda média domiciliar foi de R$ 4061, sendo que 75% dos hexágonos classificados tem uma renda inferior a R$ 4979
      - É o cluster com a menor quantidade de apartamentos e domicílios nobres (Renda Dom > R$ 11000)

    • Mistas Verticalizadas (Renda Média)
      - Possui alta quantidade de apartamentos, mas uma baixa % desses apartamentos são domicílios nobres. São áreas atrativas para serviços, mas não tanto quanto áreas comerciais e empresariais

      - Este cluster possui uma renda média domiciliar de R$ 8176 em São Paulo
      - A média de leads totais este cluster é de 316 em São Paulo, sendo ele o com a terceira maior média de leads totais entre os clusters
      - Possui uma quantidade razoável de trabalhadores do varejo (780 para São Paulo)

  • Residenciais (Renda Muito Alta)
    - Possui uma média de domicílios nobres maior do que a média de apartamentos (239 para 131 em São Paulo) caracterizando que pode ser uma região tomada por mansões

    - Possui uma média baixa de leads totais (50) denotando ser uma região onde apenas serviços pontuais costumam se instalar
    - A renda média domiciliar deste cluster é superior a R$ 54000

  • Mistas Verticalizadas (Altas Renda)
    - A média de apartamentos e domicílios nobres é bem próxima (2844 para 2199 em São Paulo) e caracteriza-se por uma elevada média de serviços disponíveis

    - Este cluster possui em média 296 leads totais (quarta maior média) e uma renda média domiciliar de R$ 25000 em São Paulo
    - Possui uma média razoável de trabalhadores de varejo (788 para São Paulo)

  • Residenciais (Alta Renda)
    - A quantidade de domicílios nobres é maior que a de apartamentos (281 para 183 na média deste cluster em São Paulo) e a quantidade de serviços é pontual

    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 30000 em São Paulo e a quantidade média de leads totais é 56 (quarta menor média

  • Comerciais
    - Possui uma baixa quantidade de apartamentos, sendo menos da metade deles classificados como domicílios nobres. Possui uma elevada densidade de trabalhadores que trabalham no varejo (2248 em média para São Paulo) e baixa densidade de trabalhadores do setor de tecnologia (média de 44, mas 75% dos hexágonos possuem menos de 16 trabalhadores de tecnologia)

    - Este cluster possui a segunda maior média de leads totais (349)
    - A renda média domiciliar é razoável, sendo em torno de R$ 9000 para o município de São Paulo

  • Empresariais e Comerciais
    - Diferente do cluster comercial, apresenta uma elevada densidade de trabalhadores do setor de tecnologia (1644 em média). A média de trabalhadores de varejo também é alta, o que demonstra que há um perfil comercial dentro deste cluster também.  Além disso, este cluster possui mais apartamentos e domicílios nobres que o comercial, devido ao tipo de trabalhador que passa por ali

    - A média de leads totais deste cluster é a mais alta: 851 para o município de São Paulo
    - A renda média domiciliar neste cluster é de aproximadamente R$ 20000 para a cidade de São Paulo

  • Residenciais Verticalizadas (Baixa Renda)
    - Possui uma alta quantidade de apartamentos, porém poucos (pouco mais de 10%) são classificados como domicílios nobres - média de 1014 apartamentos e 163 domicílios nobres para a cidade de São Paulo

    - Diferente das outras regiões verticalizadas, possui baixa densidade de leads em média (49)
    - Possui baixa quantidade de trabalhadores de qualquer segmento
    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 5163 em São Paulo
  • Residenciais Verticalizadas (Alta Renda)
    - A média de apartamentos e domicílios nobres é quase a mesma (1284 para 995 em média para São Paulo) e possui uma quantidade de leads totais e renda domiciliar menores que o verticalizado de renda muito alta

    - A média de leads totais é 170 e a renda domiciliar média é de R$ 21000 para São Paulo
    - A discrepância deste cluster para o de Vert. Renda Muito Alta parece estar mais na quantidade de leads do que na renda média domiciliar.
  • Residenciais (Renda Média)
    - A média de apartamentos não é muito alta, assim como a de domicílios nobres, mas ambas são próximas (345 apartamentos para 286 domicílios nobres em média na cidade de São Paulo)

    - Possui em média mais leads totais do que o verticalizado e residencial de baixa renda, mas sua média não é muito alta (apenas 89 para São Paulo)
    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 11450
    - Possui mais trabalhadores de varejo do que as regiões mais pobres
  • Isoladas
    - Possui uma densidade demográfica média de 90 habitantes por km quadrado, enquanto a média dos outros clusters é superior a pelo menos 40 mil

    - Geralmente consistem em áreas industriais isoladas, aeroportos, universidades, parques e algumas regiões que realmente são pouco habitadas
    - Na cidade de Salvador - BA um setor censitário inteiro (praticamente) está localizado dentro do mar

 

São 9 segmentações nos Centros de Influência:

  • Isoladas (Baixa Renda)
    - Possui uma média de aproximadamente 90 domicílios por hexágono e uma renda média domiciliar de R$ 3400

    - Esse cluster possui uma baixa quantidade de leads, sua média de leads totais é 2,5
    - A média de população deste cluster é 272 pessoas
  • Mistas
    - Possui a terceira maior média de leads totais (191) e uma quantidade média razoável de domicílios (quinta maior média entre os clusters)

    - Este cluster costuma se localizar no entorno de regiões comerciais de centros de influência, ou fazer menção ao próprio centro da cidade da cidade, em caso do município não possuir uma densidade de comércio muito forte em nenhuma região
    - A menor quantidade de leads encontrado neste cluster é 112
  • Residenciais (Baixa Renda)
    - Possui uma densidade baixa de leads totais (20) em média por hexágono, a menor entre os residenciais

    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 3479
    - A média de domicílios deste cluster é mais alta que a dos demais residenciais, 978, visto que podem haver algumas zonas verticalizadas de baixa renda dentro deste cluster
  • Residenciais (Renda Média)
    - Possui uma densidade baixa de leads totais (34) em média por hexágono

    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 7313
    - A quantidade de domicílios não é muito elevada, em média 520 por hexágono, o que demonstra uma baixa verticalização
  • Residenciais (Alta Renda)
    - Possui uma densidade baixa de leads totais (51,93) em média por hexágono

    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 10768
    - A quantidade de domicílios não é muito elevada, em média 890 por hexágono, o que demonstra uma baixa verticalização
  • Comerciais
    - Possui uma densidade muito alta de leads totais (510) em média por hexágono, a maior entre os clusters

    - A quantidade de domicílios neste cluster não é muito inferior aos clusters residenciais
    - A quantidade mínima de leads totais neste cluster é 337
    - A sua renda média é R$ 9555
  • Isoladas (Renda Alta)
    - Possui uma média de aproximadamente 82 domicílios por hexágono, dos quais 44 são domicílios nobres

    - A renda média domiciliar de R$ 22926
    - Esse cluster possui uma baixa quantidade de leads, sua média de leads totais é 5,97
    - A média de população deste cluster é 237 pessoas
  • Mistas Verticalizadas (Renda Alta)
    - Possui uma média de 522 domicílios nobres por hexágono, para uma média de 1602 domicílios (uma proporção menor que nas metrópoles, visto que é mais difícil atingir uma renda superior a R$ 11000 sem ser em uma metrópoles)

    - Na média, apresentam 110 leads no seu entorno e uma renda média domiciliar de R$ 13411
    - É o segundo cluster em quantidade de população (3828 em média)
  • Mistas Verticalizadas (Renda Muito Alta)
    - Possui uma média de 1254 domicílios nobres por hexágono, para uma média de 2414 domicílios, demonstrando a maior verticalização entre os clusters de centros de influência

    - Este cluster possui a terceira maior média de leads (183), no entanto, diferente do cluster misto, a quantidade mínima de leads é 4
    - 75% dos hexágonos deste cluster apresentam mais de 76 leads, e a mediana dele é bem próxima a do cluster misto (224 contra 229)
    - É o cluster com a maior média de população: 5531

 

São 7 segmentações nos Polos Industriais:

  • Isoladas (Baixa Renda)
    - Este cluster possui uma população média de 227 pessoas por hexágono, denotando uma baixa densidade demográfica

    - A renda média domiciliar neste hexágono é R$ 3500
    - Este cluster possui uma média baixíssima de leads (0,86) e geralmente localiza-se próximo às divisas dos municípios
  • Residenciais (Baixa Renda)

  • Mistas (Renda Média)
    - Possui a terceira maior média de leads (96 por hexágono)

    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 5624 e a quantidade de domicílios nobres é 36 em média por hexágono, demonstrando que uma menor renda e verticalização que o misto alta renda
    - A população média neste cluster é de 1476
  • Residenciais (Renda Média)
    - A população não é muito diferente do cluster comercial, mas a quantidade de leads é muito menor, 21 em média

    - A renda média domiciliar deste cluster um pouco mais alta que a do comercial: R$ 8457
    - A quantidade de domicílios nobres não é muito alta por 2 motivos: baixa verticalização típica de áreas residenciais e o fato de uma renda domiciliar superior a R$ 11000 ser mais rara em polos industriais 
  • Comerciais
    - Possui uma quantidade média de 263 leads por hexágono e uma renda média domiciliar de R$ 7877

    - A população média de aproximadamente 1400 habitantes por hexágono
    - Possui em média 91 domicílios nobres por hexágono
  • Mistas (Renda Alta)
    - Possui a quarta maior média de leads (60,5 por hexágono)

    - A renda média domiciliar deste cluster é R$ 11695 e a quantidade de domicílios nobres é 145 em média por hexágono, demonstrando que pode haver alguma verticalização neste cluster
    - Possui a segunda maior média de população entre os polos, mas não muito distante dos outros clusters: 1546 habitantes
  • Mistas Verticalizadas (Alta Renda)
    - Possui uma alta densidade de domicílios nobres, 381 em média, e uma renda média domiciliar de R$ 11203

    - Possui em média 244 leads por hexágono, típico de regiões verticalizadas com uma boa quantidade de serviços disponíveis
    - A população média deste cluster é a maior entre os polos, 3363 habitantes, a maior entre os polos industriais

 

São 3 segmentações no Interior Próspero:

  • Isoladas (Baixa Renda)
  • Residenciais
  • Comerciais

 

São 3 segmentações no Interior em Ascensão:

  • Isoladas (Baixa Renda)
  • Residenciais
  • Comerciais

 

 

FONTE: IBGE + BDC + Dados Geofusion + Metodologia Geofusion

Por Victor Melo / Redator Web

Comentários

Ebooks

Materiais mais baixados

  • [EBOOK] 6 Fatores de Sucesso para Abertura de Novas Lojas Baixe grátis
  • [EBOOK] As Principais Soluções de Geomarketing Para Expansão de Redes Baixe grátis
  • [TOP 50] Os Municípios com Maior Potencial de Consumo Baixe grátis
  • [QUIZ] Você sabe o que considerar na escolha do ponto comercial ideal? Baixe grátis

Acompanhe a Geofusion

Assine nosso blog e receba o melhor conteúdo sobre Geomarketing